AdoteUmCara.com.br

Como cuidar da saúde mental em tempos difíceis

Não podemos negar: a quarentena não está fácil para ninguém. O ser humano é um bicho social e expansivo por natureza. Por isso, ficar tanto tempo trancafiado e sem o contato de outros indivíduos é o bastante para deixar qualquer um louco.

Além disso, a falta de rotina e a mudança de hábitos também podem ser bastante complicadas. Então, precisamos todos de um período de adaptação. 

Durante os dias de isolamento social, é importante sempre manter a calma e priorizar nossa saúde mental. Confira abaixo algumas dicas para deixar a mente tranquila!  

1 – Não exagere nas mídias sociais

Se conectar é ótimo, mas infelizmente as redes sociais atuais são um antro de negatividade e alarmismo, o que podem ser prejudiciais para a saúde mental. Não tenha medo de checar o Facebook e o Instagram de vez em quando, mas limite o uso deles para até uma hora por dia. 

2 – Faça meditação 

A técnica é excelente para manter-nos presentes, consciente e calmos sobre pressão, algo que todos sentirão cedo ou tarde durante a quarentena. Com a mente quieta e silenciosa, é possível administrar situações complicadas com mais coerência. 

3 – Tome sol 

O astro-rei é um fator importante para a nossa saúde física e mental. Enquanto o momento de fato pede para que fiquemos em casa, isso não significa que não possamos ir às sacadas e quintais para pegar uma corzinha. A vitamina D não só ajuda na imunização, como também relaxa e é uma benção para nossa saúde mental. 

4 – Pratique exercícios com frequência

Além de sermos sociais e expansivos por natureza, somos também animais físicos e inquietos. A prática de exercícios estimula a liberação de dopamina, o chamado “hormônio da felicidade”, que é essencial para a saúde no nosso cérebro. 

 5 – Encare o Home-Office de maneira sensata e pragmática

Há quem diga que trabalhar em casa é uma moleza. Mas, na realidade, essa mudança brusca no hábito de sair de casa para ir ao trabalho e conviver em ambiente sociável para execução de tarefas em casa e sozinho pode estimular ou agravar problemas de saúde mental, a menos que você invista no desenvolvimento de uma rotina saudável. Tente acordar no mesmo horário, tome banho e coloque uma roupa profissional (não trabalhe de pijama!). Inclusive, mantenha até o seu horário de almoço. Tudo isso ajuda a mostrar ao seu cérebro que, apesar de estar em casa, você ainda está trabalhando.

6 – Consulte um psicólogo

Para todos os momentos, conte com um profissional para esses momentos difíceis, ou mesmo os de cotidiano. Ficar tanto tempo trancafiado em casa não é fácil para ninguém e há uma plenitude de psicólogos por aí atendendo remotamente que podem te ajudar a desabafar sobre essa loucura que estamos vivendo. 

A quarentena causada pela Covid-19 é um momento histórico e sem precedentes da humanidade. Ela trará, sim, consequências para a saúde mental de todos e isso não é motivo para vergonha. Porém, com os cuidados certos – e muita empatia entre todos nós – sairemos dessa ainda mais fortes e com a cabeça em dia. 

back to top